terça-feira, 14 de abril de 2015

O OVO DA SERPENTE

O crescimento do ódio, da intolerância, do racismo, da homofobia e de outros sintomas da paranoia coletiva que ameaça a democracia brasileira, em minha opinião, tem várias causas: 1) o enfraquecimento da Teologia da Libertação durante os papados de John-Paul II e do Fuhrer Ratzinger, que afastaram a Igreja Católica da população mais pobre e abriram o caminho para as seitas evangélicas caça-níqueis; 2) a política de comunicação dos governos Lula e Dilma, que não implementaram a regulamentação da mídia nem criaram jornais, emissoras de rádio e televisão em contraposição ao discurso único da mídia golpista; 3) a ausência de ações permanentes dos partidos de esquerda -- em especial o PT -- para mobilização e politização da sociedade, ao longo dos últimos 12 anos. Não basta investir no crescimento do consumo da classe trabalhadora sem educá-la politicamente; 4) um sistema educacional falido, especialmente no ensino fundamental e no médio -- de responsabilidade dos governos estaduais e municipais. Se quisermos uma revolução social no país, é urgente começarmos uma verdadeira Revolução Cultural.

Um comentário:

  1. Concordo, principalmente na questão da educação de base, é preciso mudar essa divisão de poderes, Educação tem que ser política de estado maior mesmo, de federação, essa divisão estadual e municipal nunca deu muito certo. Cláudio, muito obrigado por escrever esse belíssimo blog, descobri apenas hoje, lerei frequentemente!

    ResponderExcluir