quarta-feira, 3 de agosto de 2011

PROGRAMAÇÃO DE LITERATURA DE AGOSTO NO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO















Paradas em Movimento: Videopoéticas
“Imagens são palavras que nos faltaram.” (Manoel de Barros)

De 06/08/2011 a 02/10/2011

Mostra de poesia visual, digital e videopoesia, com a curadoria de Elson Fróes, que tem como proposta apresentar trabalhos de poetas brasileiros contemporâneos que exploram as novas linguagens eletrônicas, que permitem a integração entre som, imagem, palavra e movimento. A mostra, que reúne trabalhos de Almir Almas, Arnaldo Antunes, Lenora de Barros, Lúcio Agra, Marcelo Sahea, Marcelo Terça Nada, André Vallias, Gabriela Marcondes e Márcio-André, acontecerá entre os dias 06 de agosto e 29 de outubro, nas telas de plasma da biblioteca e dos pisos Caio Graco e Flávio de Carvalho do Centro Cultural.

Dia 10/08/2011 - 19h30 às 21h. Sala de Debates – Poetas de Cabeceira

Contador Borges fará uma palestra sobre o poeta norte-americano Edgar Allan Poe, comentando a biografia do autor, sua época, características estéticas e, sobretudo, a sua experiência pessoal como leitor da poesia de Poe, que influenciou o Simbolismo e a Modernidade.

Haverá interpretação de Libras.

Dia 13/08/2011 – 19h

Sala Adoniran Barbosa – Poesia dos 4 Cantos (Noite Indiana)

Poesia dos Quatro Cantos é uma atividade mensal dedicada à divulgação da poesia internacional, num formato que inclui a leitura com danças e músicas típicas de cada país, nos intervalos das leituras. Em agosto, será feita a apresentação de uma noite indiana com Edson Cruz, que lerá poemas clássicos e contemporâneos da Índia, os músicos Marcus Santurys e Edgar Silva, do Grupo Natyalaya, formado por Iara Ananda Romano e Naira de Almeida Prado e do VJ Scaringi (projeção).

Confira a exposição temática de literatura indiana nos exibidores da Biblioteca Sérgio Milliet.

Dia 24/08/2011 - 19h30 às 21h. Café Graffite – Clube de Leitura de Poesia

O poeta, professor e jornalista Moacir Amâncio conversará com o público sobre a sua carreira literária e fará uma leitura de seus poemas. Em seguida, o público será convidado a fazer perguntas ao poeta, para um bate-papo.


2 comentários:

  1. pena São Paulo está tão distante do meu Santo Antônio, de Lisboa!!!!

    ResponderExcluir